(11) 4171-9835
(11) 95224-1175 mensagens

freeinset
comercial@freeinset.com.br

Blog Mensagem

Moscas Doméstica - Como se reproduzem

Moscas Doméstica – Como se reproduzem ?

Como se reproduzem as moscas?

Há muitos mitos e constrangimentos ao se falar desse inseto nojento. Neste artigo, vamos falar sobre as Moscas Doméstica – Como se reproduzem as moscas. Pesquisamos na internet artigos sérios e estudos bem interessantes sobre o assunto e vamos tentar sintetizar aqui, numa linguagem bem fácil de ser entendida.
Sabemos que na internet tem muita bobagem e coisas sem comprovação científica. Isso encaramos como brincadeira e coisas hilárias, como já brincamos aqui no artigo “10 maneiras de matar mosquitos e outros insetos voadores

Primeiro precisamos conhecer as “inimigas” para poder combatê-las

Ciclo de vida da mosca doméstica:

Num país tropical, como o Brasil, que na média o clima é quente, essas moscas se desenvolvem, da fase de ovo para um inseto adulto, muito rapidamente. De 7 a 14 dias. São larvas imperceptíveis. Uma mosca adulta vive até 2 meses. Neste período podem ter até 900 filhotes.

O simples fato dela estar voando no ambiente já é contaminante. Isso porque voando ela fica secretando “vômitos”, fezes e ovos. Centenas deles por dia. Ao caírem sobre alimentos, remédios, bebidas e qualquer coisas o ser humano leve à boa e engula, pode causar diversos tipos de contaminação e transmissão de dezenas de doenças.

Essas pequenas moscas também são conhecidas como: mosquinha-das-frutas, mosca-do-vinagre, mosca-de-banheiro e mosca-de-fungo.

Ambiente ideal para as moscas se reproduzem

Elas amam ralos, latas de lixo, frutas amadurecidas, vasos de flores úmidos, áreas molhadas criadas por vazamentos hidráulicos.

Por que elas te querem tanto

Na verdade elas não estão nem ai pra você. Só estão de olhos no que você produz. Especialmente o seu lixo. Elas procuram comida em decomposição. Onde se alimentam, fazem postura de ovos para poder se reproduzir.

Afinal, qual é o problema?

As mosquinhas-das-frutas e de vinagre contaminam a nossa comida, colocando seus ovos nos alimentos que comemos.
As moscas podem se reproduzem em todos os ambientes da casa. Incomodam muito e se multiplicam rapidamente se não tratadas adequadamente.

Limite o acesso e evite problemas no futuro

  • Coloque telas em portas e janelas.
  • Esvazie as e lave com água sanitária as latas de lixo com frequência
  • Higienize mesas, bancadas, paredes e o chão com água sanitária (se puder). Deixe secar naturalmente.
  • Localize e elimine aquilo mais está atraindo as moscas adultas. Coloque na geladeira frutas e legumes maduros. Geralmente os resultados são imediatos.
  • Não deixe panos molhados estendidos para secar próximos a locais com moscas.
  • Não armazene recipientes com restos de bebidas e outros tipos de embalagens recicláveis com pequenas fações de restos de bebidas ou alimentos.
  • Use uma escova de metal para remover ovos e larvas dos ralos e proximidades.

5 Maneiras mais eficientes de controlar infestação de insetos voadores, especialmente para matar moscas.

1 – Lagartixas

Não é brincadeira não. É uma forma das mais naturais inteligentes de combater essas nojentas inimigas. As lagartixas comem bastantes insetos. Inclusive comem aranhas. Tem hábitos noturnos e morrem de medo do ser humano.
Além disso a gente se sente um pouco mais natural com a convivência com elas. Tem nojo? Medo? Bem… então pra próxima opção!

2 – Sapos e Passarinhos

Depende do gosto de cada um. Mas recomendamos usar sapo como arma natural mais nas áreas externas. Eles comem uma variedade grande de insetos.
Mais simpáticos e menos pegajosos, os passarinhos são excelentes comedores de insetos. Se viverem soltos.

3 – Cobras

Se empregadas as cobras certas, elas são bem eficientes para acabar com roedores e insetos em locais de difícil acesso. Fendas escuras em porões e sótão. Entre paredes e muros. Nas áreas internas de convivência, talvez não sejam a arma mais indicada.

4 – Armadilhas luminosas. Conhecidas como Luminárias pega moscas e mosquitos.

São luminárias especiais, equipadas com e recursos mínimos:
1 – lâmpadas ultra-violetas do tipo UV-A. Se for UV-B ou UV-C não atraem os mosquitos. Não servem. Nós usamos lâmpas que passam nos testes com luxímetros.
2 – Placa de cola adesiva de contato. Os insetos são atraídos, entram na área interna da luminária e se grudam na placa de cola. Nós usamos cola entomológica importada e aplicamos camada dupla. Pega até varejeiras e abelha.
3 – Placa fronta semi-transparente. Ela protege o olho humano dos raios UV-A e impedem que os insetos saiam facilmente da Armadilha luminosa.
As luminárias da Freeinset, clique aqui para conhecer, são feitas com todos os componentes certificados e, também, incluem dispositivos de segurança, como fusível, chave liga/desliga e cabo de força blindado. Alem de lindo gabinete em aço inox e totalmente atóxica.

5 – Venenos

Há uma gama formidável de produtos para serem borrifados ou aplicados nos ambientes internos. Todos são alivio imediato porém não muito duradouros. Além de poder representar alto risco de intoxicação para crianças, animais de estimação, além do desconformo devido ao cheiro. Também tem produtos comprovadamente cancerígenos. Portanto tome cuidado com eles.
Mas tem casos que são muito recomendados. Mas nunca faça uso deles sem o acompanhamento de um profissional gabaritado.

Conclusão

Como vimos, existem maneiras naturais (1, 2 e 3), um pouco agressivas (4) e as mais agressivas (5). Um bom profissional da área é recomendado para fazer uma avaliação, de cada ambiente, e sugerir o método mais adequado para cada local e estabelecimento.

Por exemplo:

Dentro de um hospital não podemos colocar lagartixas, sapos e cobras. Tampouco venenos. Já num sitio, os três primeiros serão mais eficientes do que a armadilha luminosa, na parte externa.
Veneno é indicado em vários casos. Mas não faça isso sem a ajuda de um profissional. Existem dezenas de opções. Muitas delas podem ser muito perigosas para seres humanos e animais domésticos.

Portanto:

Não tome a decisão só pelo que viu na internet. Tem um monte de lixo publicado por gente que não se responsabiliza pela publicação. Por outro lado, tem profissionais que mais se preocupam em vender o que representam. Também pode ser um risco.

Como podemos ajudar?

Temos a única armadilha luminosa feita totalmente com materiais certificados, e alta qualidade, super-eficientes e atóxica.
Mesmo que não forem usar as armadilhas luminosas Freeinset, ou nossas placas adesivas pega moscas, estaremos aqui ara ajudar em todos os aspectos da sua tomada de decisão. Sem compromisso.

Algumas Fontes de pesquisas sugeridas:

  • http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/moscas.htm
  • https://www.youtube.com/watch?v=JamjRMBzfPE
  • https://www.todabiologia.com/zoologia/mosca_varejeira.htm
  • http://www.bbc.com/portuguese/vert-earth-37014344
  • http://www.linharaid.com.br/pt-br/bug-id/flies/indoor-breeding-flies
  • http://www.dumdum.com/pt/pagina-principal/insectopedia/mosca-domestica.cky.html
  • http://www.ehow.com.br/moscas-reproduzem-como_76548/

Contribua com seu conhecimento

Deixe seus comentários abaixo. Tanto para novas sugestões como para críticas.

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

Abrir WhatsApp
1
Dúvida?
Olá !
Como posso ajudar?*
Powered by